sexta-feira, 17 de março de 2017

CRob - Aula 05 - Identificando a robótica

Na aula dessa semana conversamos sobre os tipos de robôs e o que seria um robô. No final terminamos a aula com as montagens dos carrinhos.


O que é um robô?

"Eu acho que um robô é uma coisa bem legal. Eu assisti uma reportagem que um robô é capaz de ajudar uma pessoa que tem dificuldade." - Juliana, Segunda-manhã

"Um robô é pra mim, um tipo de máquina com controles que pode se movimentar" - Sarah Ferreira, Segunda-manhã

"O robô é um negócio de ferro que serve para várias coisas, se eu fizesse um com certeza eu faria um para lavar pratos, limpar a poeira dos móveis e também varrer o quintal." - Natiele Damião,  Segunda-tarde

"Para mim um robô é um boneco que se movimenta com um controle e com as coordenadas da pessoa que está controlando." - Juscilene dos Santos, - Terça-manhã

"Pra mim um robô é quando é programado para fazer o que o computador pede e tem alguns robôs que são programados para várias coisas que os seres humanos não fazem." - Kethyla Silva, Terça-tarde

"Eu acho que é arte. É uma coisa muito linda" - Gustavo Aquino - Terça Tarde

"Pra mim um robô é uma máquina que revolucionou o mundo, que agilizou muito por isso já tem pra quase tudo." - Hebert Santos, Quarta-manhã

"O robô é como o se fosse um ser vivo, mas é de ferro e criado pelo ser humano. Ele foi programado para servi o ser humano, uma especie de escravo. Ele ajuda em todas as funções, basta programar o software dele." - Taylane Oliveira, Quarta-tarde

"Eu acho que robôs são máquinas que as pessoas criaram para ajudar por exemplo: Muitos cientistas mandam robôs para o espaço para estudar como é lá, se é muito frio ou muito quente, achar planetas, ver se podem ser habitáveis..." - Itallo, Quinta-manhã

"Robô é um tipo de máquina que é programada para fazer alguns tipos de coisas, esse robô pode funcionar com alguém operando ou pode funcionar sozinho, só com a programação." - Lucas Lima, Quinta-tarde
video
Vídeo exibido em sala

 
Carrinhos montados pelos alunos em sala de aula - Kit robótico NXT lego MindStorm 



CAmb - Aula 04 - Semana Internacional da Mulher

Nessa semana dedicada a homenagens à mulher, trabalhamos com nossos alunos, os desafios dela na sociedade, o quanto o machismo está enraizado nas nossas vidas e os preconceitos que estão presente desde antigamente até os tempos atuais.


Resultado de imagem para DIREITOS DA MULHERNessa aula eu aprendi várias coisas sobre as mulheres, como: As mulheres tem os mesmos direitos dos homens, ela pode trabalhar de engenheira, lutadora, jogadora de futebol pode ser mão de obra e empresária. A mulher pode vestir qualquer tipo de roupa, se ela quiser colocar um short bem curto, ela pode colocar, se ela quiser fazer uma tatuagem ela pode fazer, não tem ninguém no mundo que a impeça de fazer isso. Os homens são muito machistas, eles acham que são superiores as mulheres, mas mais na verdade eles não são. Nós vimos um vídeo em que dois homens no MasterChef foram muito machistas com uma mulher, eles não deixavam ela fazer nada e um deles quando ela falou que não ia fazer nada, mandou ela pegar uma vassoura e varrer o chão. No final da prova ela quem ganhou. Todos nós temos os mesmos direitos e ninguém é superior a ninguém!
Thaiale Barbosa - 13 anos

Resultado de imagem para DIREITOS DA MULHERQuarta Manhã

Aprendi que a mulher não é puta só por usar roupa (curtas), as mulheres podem fazer tudo que os homens fazem, não podemos julgar as pessoas (mulheres) pela aparência. Aprendi também que as mulheres podem conseguir participar de qualquer esporte como a lutadora de MMA Virna Jandiroba. O que eu mais gostei foi da professora falando sobre as roupas das mulheres que as roupas não define o caráter das mulheres.
Jonathas Santos - 12 anos
Quarta Manhã


Na aula de hoje nós falamos sobre o dia da mulher e discutimos bastante sobre isso, falamos sobre o que a mulher pode ou não pode fazer e começamos com três perguntas e nelas está envolvido o que a mulher não pode fazer, como saber se é direita ou não e se o homem tem mais direito que ela. Em todas essas perguntas tem várias maneiras de serem respondidas, porque a mulher ela é livre pra fazer o que quiser e quando quiser, isso porque independente dela gostar de uma coisa que o homem faz, se dedicar para conseguir fazer isso ela pode porque ela não está sendo obrigada a fazer, então se ela gosta e se dedica para fazer algo, qual é o problema? mulher tem os mesmos direitos e valores que o homem.
E tem muita gente que fala que se a mulher está com uma roupa curta ou com tatuagem já fala que é 'piriguete', vagabunda e etc. A mulher tem direito de fazer o que ela quiser não vai ser ninguém que vai impedir de que ela use roupa curta, faça tatuagens e etc, o corpo é dela então é ela quem decide o que usar, o que fazer. Falamos da questão dos direitos as pessoas tem a mania de dizer que a mulher não faz serviço de homem, primeiro porque se ela tem a capacidade e vontade de fazer o que ela vai fazer independe de que as pessoas vão dizer, é um exemplo disso a lutadora de MMA aqui de serrinha que o nome dela é Virna, eu posso apostar que as pessoas falaram para não fazer esse esporte que é coisa de homem, e que tá ligando se é coisa de homem ou não, a vontade dela é quem vai dizer se ela faz ou  não porque se ela tem a vontade e capacidade de fazer isso ela deve fazer, pessoa nenhuma vai mudar isso e tente nunca deixe as pessoas diminuir você, você tem o direito de fazer as suas escolhas e nada nem ninguém pode mudar isso.
Então ser mulher não é ser fraca, frágil, sensível, e não conseguir fazer o que o homem faz, mas sim ser forte, determinada, corajosa e resistente a cada vez que alguém disser que você não vai conseguir, você fale eu vou conseguir sabe porque? porque sou mulher e vou lutar por aquilo que eu gosto, por aquilo que eu sei que tenho capacidade de fazer, porque a mulher ela é um ser humano assim como outro qualquer e ela também tem que ter os seus direitos respeitados.
Adriane Santos - 15 anos
Quarta Tarde

Resultado de imagem para dayse masterchefEu aprendi que as mulheres podem ser o que quiser e que não existe trabalho de homem e nem trabalho de mulher, varias pessoas ainda tem o pensamento que as mulheres não podem fazer certas coisas, sendo que a mulher tem a mesma capacidade do homem para fazer qualquer trabalho e para ser o que quiser, independente de onde veio a sociedade lhe julga, pelas suas roupas, o que é uma situação lamentável, e não é porque ela está usando short curto que ela será piriguete, assim como não é por que ela usa saia longa que ela será direita. A sociedade muita das vezes tem uma forma rígida e impõe, lugar estilo e opiniões que se não forem cumpridas a pessoa acaba sendo descriminada, a mulher pode sim ser uma pedreira, pode ser uma jogadora de futebol e pode até ser caminhoneira, afinal lugar de mulher é onde ela quiser e não onde a sociedade achar que cabe a ela estar.
Renata Mota - 13 anos
Quarta Tarde


Resultado de imagem para machismoNa aula de hoje eu aprendi sobre o dia internacional da mulher, falamos sobre muita coisa sobre ela. Uma coisa bem comum hoje em dia porque a violência acontece quase todo dia e por isso temos que tomar bastante cuidado com esses tipos de coisa, também falamos sobre as perguntas: o que a mulher não pode fazer? Na minha opinião ela pode fazer o que ela bem quiser para sua vida, só depende dela e eu acho que mulher nenhuma só pode ficar em casa e fazer comida para os homens, isso é a fala dos homens, então eles tem que pensar e ver que a mulher ela pode ser uma futura pedreira. eletricista, engenheira. O professor fez uma pergunta para nós que se uma menina sair as 23h, por motivo pessoal e um homem abuso sexualmente dela de quem é a culta? Eu entendi pela fala dos professores que sempre a culpa vai ser do homem, ela poderia tá com a roupa que for, por exemplo, ela poderia está com uma saia longa e com uma bíblia na mão, ela pode sofrer esse abuso, e a culpa é do homem porque ele bebeu altas horas e não pensou no que ia fazer. O preconceito é comum em escolas, ruas, em qualquer lugar. Então temos que tomar muito cuidado e denunciar qualquer tipo de fala que dói em você
Julia Marques - 12 anos
Quarta Tarde


Resultado de imagem para virna jandirobaNa aula de hoje falamos bastante sobre a mulher e seus direitos, que envolve muito o  machismo, que nós mulheres sofríamos e continuamos sendo julgadas por criticas machistas. Com isso falamos o que a mulher pode ou não fazer e a mulher pode ser ou fazer o que ela quiser, pois os direitos entre o homem e mulher deve ser iguais. Uma pessoa não pode julgar uma menina (mulher) por causa da roupa que ela está vestida, e pelo que entendi a roupa não vai dizer quem a mulher realmente é, e muitas vezes ouvimos frases desrespeitosas por causa das roupas.
Com esse tema vimos videos de três mulheres que foram vitimas do preconceitos e nem por isso desistiram de lutar e estudar pelos seus objetivos. Um dos videos mostra o machismo que uma chefe de cozinha passou por ser a única mulher na competição e ela ouviu frase como: Dayse, porque você não varre o chão. O vídeo de Virna fala sobre o machismo que ela sofreu por querer ser uma lutadora de MMA, e como ela mesmo disse em uma das frases frases: lugar de mulher é onde ela quiser.
O último (Vídeo que foi a de Joseane) fala sobre a trajetória que ela passou e criticas por ela ser filha de agricultores e morar na área rural (comunidade do Pau Ferro), mas ela não desistiu, seguiu em frente e conseguiu chegar hoje onde ela está,
Janaína Patrocínio - 13 anos
Quarta Tarde