segunda-feira, 4 de setembro de 2017

CAmb - Aula 24 - Conhecendo os alimentos

Durante três semanas trabalhamos com aulas individuais, mas que uma complementava a outra, abordando os alimentos e suas peculiaridades. Falamos sobre a Pirâmide Alimentar e as partes que a compõe, apresentamos a tabela nutricional como ela é interpretada e o que tem nos alimentos que deixam os deixam bons ou ruins para o consumo e finalizamos com os perigos do sal, gordura e açúcar no nosso organismo. Os alunos relataram em seus registros, conteúdos sobre essas aulas trazendo elementos do que mais gostaram e o que foi aprendido com elas.



Pesando o sal, açúcar e gordura dos alimentos
A algumas aulas atrás começamos a falar sobre alimentos saudáveis e não saudáveis e suas funções, riscos a saúde, como atuavam em nosso organismo, o funcionamento e começamos o assunto falando sobre a pirâmide alimentar que começa com o carboidrato, depois vem as proteínas, em seguida as vitaminas e por fim as gorduras e açúcares, ou melhor dizendo os alimentos que não fazem bem a nossa saúde, nós achamos que por que é fruta é bom e podemos comer o tanto que quisermos que não vai fazer mau, mas alguns alimentos que contém carboidratos quando se quebram no nosso organismo acabam virando açúcar, o que não é tão bom a nossa saúde. Já na aula de hoje conhecemos a tabela nutricional e aprendemos mais sobre os alimentos industrializados, eu já sabia que fazia mau comer esses alimentos em excesso, mas eu continuava comendo sem saber ler a tabela, mas na segunda aula eu aprendi sobre como contar o valor  de cada porção, fomos na biblioteca ver se os alimentos que mais consumimos eram saudáveis e vimos que o sal, açúcar e gordura são muito prejudiciais e causam muitas doenças, tipo infarto, câncer entre outros.
Kemilly Santiago
Segunda Manhã

Pirâmide Alimentar
Bem, começando meu texto... A pirâmide alimentar que contém quatro partes, a primeira dela são os carboidratos, seguido de vitaminas, proteína e gorduras e açúcares. Na tabela nutricional que conhecemos tem as informações dos alimentos, vem nas embalagens dos produtos consumidos por nós, nessas embalagens encontram-se informações das proteínas, carboidratos, vitaminas e outros. Ela também mostra o VD (valor diário) e a porção que mostra a informação que devemos saber quantos tem em relação ao alimento. Da pra saber se o que estamos comendo é bom ou ruim para nossa saúde, podendo provocar doenças que talvez, vamos sentir mais lá na frente no futuro. Como pesquisamos e vimos que a coxinha, o pastel, a pipoca de micro-ondas, lasanha são ruins, por que possui mais gorduras e sódio do que devemos consumir, um exemplo de alimentos bons e o feijão que possui muita proteína. No caso do açúcar os carboidratos, ele possui uma funções que se não for utilizada na quantidade máxima de 50g, pode ser bom como dar energia para nosso corpo, mas ele se consumir muito, pode trazer doenças como obesidade, diabetes entre outras. Já o sódio tem funções também como ajudar na circulação, mas se for usado em excesso pode causar doenças e a gordura o consumo máximo permitido de 50g se passar prejudica a nossa saúde, podendo ter obesidade. Gostei muito das aulas sobre os alimentos.
Jaiane Patrocínio
Segunda Tarde


Montando a Pirâmide Alimentar
Nas aulas sobre os alimentos nós aprendemos sobre a pirâmide alimentar, sobre os alimentos que fazem bem a saúde e ao nosso corpo e os que prejudicam a nossa saúde, a gente falou também dos alimentos que a gente menos gosta e os alimentos que mais gosta. Depois nós vimos que mesmo que o alimento seja bom vai fazer mal a nossa saúde trazendo grandes doenças como o infarto, diabetes, envelhecimento rápido e outras coisas que podem prejudicar ainda mais a nossa saúde. Conhecemos a tabela nutricional, porção dos alimentos, a porcentagem de cada um deles e medimos a quantidade de gordura, açúcar e sal e o que eu mais gostei foi a aula que nós falamos sobre a pirâmide alimentar. Porque vimos os alimentos que fazem e não fazem mal a nossa saúde que e podemos praticar em nossa dia a dia.
Evandro Pereira 
Terça Manhã

Pirâmide Alimentar 

Eu aprendi sobre a pirâmide alimentar que tem carboidrato que são as massas, vitaminas que são as frutas e verduras e proteína que são derivados dos animais. Eu também aprendi da tabela nutricional e com ela eu aprendi que os alimentos que eu mais consumia como sal não são saudáveis eu também aprendi o perigo do sal e gorduras que provocam infartos, osteoporoses e outras doenças. Também aprendi que os alimentos gostosos como leite condensado têm muito açúcar e muito óleo, eu também aprendi que para um alimento ser bom, ele tem que ser rico em carboidratos, proteínas e fibras alimentares. Vi que devemos consumir pouco refrigerante, por conter muito açúcar e isso prejudica a nossa saúde. Vi que o sal demais prejudica a saúde, então eu não entendo por que os dois são tão gostosos e fazem tanto mau. Aprendi que o açúcar quanto mais branco, mais prejudicial ele é. Eu gostei da aula por que os professores explicaram tudo direito e deu para entender, e o que eu mais gostei foi de conhecer a tabela nutricional.
Pâmela Brito
Terça Manhã

Pirâmide Alimentar 
Na aula que falamos dos alimentos eu aprendi sobre a pirâmide alimentar que ele que ele tem quatro partes divididas e os nomes são carboidratos vitaminas proteínas e gorduras e açúcar e os alimentos que agente mais gosta de comer e os alimentos que mais faz mal a nossa saúde como a nutela ela tem 55g de açúcar e 30g de gorduras e nos gostamos de comer, mas ele faz muito mal para nossa saúde e nos também falamos sobre a tabela nutricional e na tabela nutricional agente pode ver que nos alimentos que nos consumimos tem muitas gorduras açúcar e sódio e isso faz muito mal a nossa saúde e assim agente pode prejudicar a ela e nos também fizemos nossa pirâmide alimentar que tudo que eu consumo eles são uma porcaria que eles prejudicam a nossa saúde e que um bolo de chocolate ele tem no mínimo 75g de açúcar e de gordura ele tem no mínimo 8,3g e o malefício da gordura ele pode causar um infarto e por isso não coma muita gordura porque isso pode prejudicar muito a nossa saúde e também o sal ele trás algumas coisas boas e ruins como transmitem impulso e causa pressão alta e diabetes, já a gordura facilita no transporte de vitaminas e pode provocar infarto, o açúcar é uma fonte alternativa de energia e pode provocar diabetes e câncer. O que eu mais gostei de todas as aulas, foi a da pirâmide alimentar e o tanto de açúcar que podemos consumir em um dia que é de 50g no máximo. Em um pedaço de bolo de chocolate a gente consome 78 g de açúcar, imagino no bolo inteiro essa quantidade de açúcar aumenta e muito. Por isso não consuma um tanto de açúcar desse num dia só, tente consumir o mínimo possível.
Emille Fialho
Quinta Manhã

Montagem da Pirâmide de acordo com a preferência do que mais consome
Nas aulas falamos sobre a pirâmide alimentar que é dividida em quatro partes. Desenhei a minha pirâmide com as partes que eu mais gosto de comer, coisas que eu gosto, que gosto pouco e que não gosto, mas eu, os professores e meus colegas paramos para perceber que até a maioria das coisas que eu mais gosto contém gordura e açúcar, os que eu coloquei na parte que eu gosto, não poderia estar ali, por que teria que estar as vitaminas , já na parte que coloquei o que não gosto deveria estar as proteínas e a parte que eu menos gosto é a que devemos comer em grande quantidade pois são os carboidratos. Falamos sobre a tabela nutricional que serve para saber se os alimentos são bons ou ruins. Os alimentos bons são tem que ter proteínas, fibra alimentar e carboidrato e os alimentos ruins contém muito açúcar, gordura e sódio, falamos também do VD% que é o valor diário. Já na aula de hoje falamos sobre sal, açúcar e gordura dos alimentos. O sal ajuda nos impulsos nervosos e pode provocar pressão alta; a gordura transporta vitaminas e causa infarto e o açúcar é uma fonte de energia e pode causar diabetes. Pesquisei a batata palha para saber a porção de 25g e peso de 100 g, a gordura total nela é de 40g e o sódio foi de 800mg.
Samara Santiago
Quinta Tarde
Conhecendo a Pirâmide Alimentar 
As aulas anteriores falaram sobre a alimentação e uma dessas aulas foi sobre a pirâmide alimentar. A pirâmide alimentar é de fato uma pirâmide, só que ela é divida em quatros parte que são usadas para separar os alimentos. A última parte é para os carboidratos os seja os alimentos que da energia ao corpo humano. A parte que fica acima do carboidrato é a parte das vitaminas que são os alimentos regulares. A parte que estava quase no topo acima das vitaminas é as proteínas. E no topo que é a gordura e o açúcar, bom a pirâmide funciona desse jeito. O professor pediu para que nós fizéssemos a nossa pirâmide do nosso jeito e fizemos uma pirâmide de “cabeça para baixo”, porque os alimentos que era para estar no topo, estava lá em baixo. Esse foi o assunto que eu mais gostei porque foi a única aula que eu assisti. E na aula de hoje foi falado o quanto de açúcar, gordura e sal em excesso fazem mal a saúde. É um absurdo o quanto de açúcar, sal e gordura que a gente consome no dia a dia às vezes até sem perceber. Falamos também sobre a diabete; essa doença é horrível, quem possui ela para curar um machucado dependendo do machucado leva até duas semanas.                              

 Elaine do Rosário
 Quinta Tarde

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

CRob - Aula 21 e 22 - Eco e Sensor Ultrassônico

Nas aulas dessa semanas trabalhamos com os sons ultrassônicos e infrassônicos, e sobre como o eco funciona para entender como o sensor ultrassônico sabe quando tem ou não alguém ou alguma coisa na sua frente.


O que é eco?

"Eco são ondas sonoras que tem em um lugar vazio ou um lugar que não tem muita gente." Letícia - Quinta Tarde

"Eu acho que é o som que fica rebatendo nas paredes, por isso só faz eco em lugares fechados" Itallo - Quinta Manhã

"É quando sua voz se repete várias vezes até ir sumindo aos poucos" Raquel - Quarta Tarde

"O eco é tipo uma voz profunda que acontece quando você está em um lugar vazio, parece que quando você fala sua voz volta pra você, como se não tivesse lugar para ir." Tairla - Quarta Manhã

"Um eco é quando as ondas sonoras se batem em algo e voltam em som de eco." João Vitor C. - Terça Tarde

"[..] Parece que é uma pessoa que está falando a mesma coisa que a pessoa falou." Tainan - Terça Manhã

"É quando o som consegue circular livremente por um espaço vazio, por exemplo uma caverna, um salão vazio ou uma casa sem móveis." Wasny - Segunda Tarde

"Uma voz que me imita em lugares fechados." Ariane - Segunda Manhã

Sobre a aula...

Na aula de hoje falamos sobre ondas sonoras, que os professores demonstrou para gente no refeitório, que é um fenômeno natural que ela bate em coisas e volta, se tiver uma sala vazia, sem nada o eco pode repetir muitas vezes. Falamos também sobre o ultrassom que os animais ouvem um som que nós humanos não podemos ouvir [...] a gente pode ouvir de 20Hz à 20.000Hz, os animais alguns sofrem por causa do ultrassom dos barulhos de são joão por causa das bombas. Fizemos a montagem do sensor ultrassonico que usamos a protoboard e a placa Arduino com fios e LED's. [...] Esse sensor pode capturar sons que nós não podemos ouvir também conhecidos como ultrassons.

Cleverton Oliveira - Segunda Manhã




Na aula de hoje nós falamos sobre a problematização (O que é o eco?) e fizemos um teste do eco lá no refeitório. O eco é quando as ondas sonoras batem em um objeto liso e maciço e retornam para o emissor (quem emite o som). Montamos um sensor ultrassônico e também desenhamos o sensor. 

Nós escutamos de 20 Hz à 20.000 Hz, passou de 20.000 Hz só alguns animais conseguem ouvir como o morcego e o cachorro, abaixo de 20 Hz só alguns animais como o elefante conseguem ouvir.
Na aula de hoje retomamos a aula passada e automatizamos a casa feita de papelão e depois testamos se estava tudo certo e funcionando e depois escrevemos a linguagem C++. Para a montagem usamos cabo jumper, arduino, fio de rede, pistola de cola quente e ferro de soldar, para soldar o LED no fio de rede e conectamos no arduino junto com o cabo jumper. Nós automatizamos com a luz, quando chego perto do sensor ele liga a luz e quando saio de perto ele desliga.

Thaylane Arau - Quarta Tarde


CAmb - Aula 21 - Padrão de Beleza

Com base na campanha: "Ah, Branco da um tempo", buscamos fazer com nossos alunos um projeto de educação social, onde aborda temas que vale a pena ser discutido com crianças e adolescentes.  Após conhecerem a ideia do projeto eles construíram um projeto similar ao da Universidade de Harvard nos Estados Unidos, criando placas com frases sobre as várias formas de preconceitos que eles presenciaram, seja em relação a cor da pele, estilo de cabelo, aparência física, opção sexual, tamanho, peso entre outros. Nas imagens encontram-se grupos de alunos, de todas as turmas representando o projeto sobre o PRECONCEITO!


Turma: Quinta Feira Tarde

Turma: Quinta- feira Manhã

Turma: Quarta-feira Tarde
Turma: Quarta-feira Manhã

Turma: Terça-feira Tarde 

Turma: Terça-feira Manhã
Turma: Segunda-feira Tarde

Turma: Segunda-feira Manhã

CAmb - Aula 21 - Padrão de Beleza, Racismo e Preconceito



Bom, nessa aula trabalhamos com o tema: PADRÃO DE BELEZA, e nela buscamos dismistificar que o que a sociedade, mídia, internet e telenovelas, falam do que é bonito. Abordamos no decorrer da semana assuntos como padrão de beleza, racismo e preconceito, discutimos esse tema e cada aluno pôde construir uma placa escrevendo frases preconceituosas que ouviram em algum momento de suas vidas e através de imagens fotográficas puderam representar essas formas de preconceito. Abaixo estão alguns registros de alunos falando sobre esses temas trabalhados e a importância em combatê-los.






O que eu mais aprendi na aula sobre racismo e preconceito foi que muitas vezes as pessoas falam coisas preconceituosas e nós nem percebemos. Muitas vezes essas frases vem de uma tentativa de não parecer preconceituosa.


Nicole Sena - 15 anos
Segunda Manhã





Na minha opinião preconceito é uma coisa boba que não deveria existir, mais infelizmente existe e tem várias pessoas sofrendo por isso, na maioria das vezes sofrem por causa da sua cor de pele, tem vezes também que é a pessoa mais gordinha, cabelo crespo ai fica se escondendo com vergonha de si mesmo. Eu acho que deveríamos combater esses preconceitos por que a cor de pele não define quem é a pessoa. Eu mesmo SOU NEGRA E TENHO CABELO CRESPO E TENHO ORGULHO DE SER ASSIM!
Micaele dos Anjos - 13 anos
Segunda Manhã


Eu acho que o racismo é uma coisa que não deveria existir. Podemos ser de cores, classes e formas físicas diferentes mas por dentro somos todos iguais querendo ou não. Muitas pessoas ainda, infelizmente, se acham diferentes mas deve ser raiva por saber que somos todos iguais.
O preconceito já é mais chato que o racismo por conta que muitas pessoas sofrem por serem pirraçadas com apelidos inadequados, uns por serem gordos ou magros de mais, por serem mais estudiosos que outros por ser negro ou branco de mais. No meu caso não tenho nenhum desses porque não me importo o que a pessoa é por fora mas sim por dentro. Já era pra ter acabado com isso de preconceito e racismo. Deveríamos viver em sociedade e esquecer essas diferenças que não muda o que a pessoa é.
Ayalla Oliveira - 13 anos
Segunda Tarde

Todos nós sabemos que no mundo tem muito racismo e preconceito, o racismo começa por conta da cor de pele, cabelo entre o outras coisas. Muitas vezes as pessoas sofrem muito preconceito e racismo quando vai procurar trabalho ou até mesmo na escola, até na rua mesmo, entre outras coisas que os preconceito e racismo pode causar na vida de uma pessoa, a forma de combater está cada vez mais fraca, tem várias leis no mundo mais ninguém respeita, eu acho que é melhor criar novas leis, justiça para ver se resolve.
Maria Eduarda Araujo - 13 anos
Segunda Tarde








Racismo, digamos que seja pela "Raça" ou seja sua cor, seu tipo de cabelo, se você tem o olho puxado, sua cultura, pelo contrário do preconceito, usam um modo fácil de humilhar o outro pelo lugar onde mora, se você tem alguma deficiência, pela roupa que usa (estilo). Na minha opinião essas pessoas que humilham pelas diferenças que o outro tem, eu acho que são atos bobos. O racismo está em todo o mundo, um recado para os racistas parar com isso, o que tu faz não te leva pra frente!


Daciana Carvalho - 12 anos
Segunda Tarde

Na aula passada falamos do tema racismo e preconceito, o racismo e o preconceito acontecem em qualquer lugar, ai eu pergunto o que é racismo e preconceito? racismo e preconceito é quando alguém te chama de preto ou branco, te acha inferior só porque você é pobre ou porque você  não é da mesma cor. Para combate-los é só as pessoas pararem de se sentir inferior aos outro e começarem a aceitar uns aos outros.


Iasmin Gonzaga - 13 anos
Segunda Tarde

Eu acho que cada uma pessoa tem sua beleza, não importa a cor de pele ou cabelo, muitas pessoas fazem preconceito com as outras pessoas por causa da cor da pele, da religião do seus costumes, medo de se vestir pois cada um tem seu jeito de se vestir. O racismo é quando você encontra uma pessoa negra na rua e fica já com medo pensando que todo negro é ladrão, despreza a profissão de um negro, julgam pelo tom da pele.

Evando Pereira - 13 anos
Terça Manhã



Eu sou moreno esse é o meu padrão de beleza, eu gosto muito da minha cor e do meu cabelo, não vejo problema nisso, mais tem pessoas que são racistas que gostam de fazer preconceito com as pessoas negras. Racismo é falar mal da sua cor e do seu cabelo, te criticam só porque você é negro. Preconceito também é te criticar pela cor da sua pele ou pelo seu cabelo, a maioria das pessoas mortas pelos policiais são mais negros, os trabalhos são eles: diarista, gari, professor. são mais para gente negro. isso não é certo RACISMO É CRIME.

Maria Luiza De Jesus - 12 Anos
Terça Manhã


Nós estamos em um pais que tem racismo e preconceito e isso é um problema, as pessoas que fazem isso elas não ligam se a pessoa vai ficar ofendida e quem sofre o racismo ou preconceito fica pensando nisso e fica muito triste porque as pessoas julgam pela roupa, pela cor ou se é pobre porque as pessoas que tem mais condições acham que pode tratar os pobres como lixo na minha opinião quem fizer racismos ou preconceito deveria ser preso com menos condições como elas não fossem nada.


Ian Carlos Silva - 12 anos
Terça manhã



Na aula passada nós estudamos muito sobre padrão de beleza, racismo e preconceito. tem muita gente que sofre preconceito, nós seres humanos independente de cor, maneira de se vestir, maneira de falar, temos o dever de respeitar os outros e o direito de sermos respeitados. O racismo é uma das coisas que discrimina as pessoas que tem a pele negra, tem gente que por ser negra não é aceita em trabalhos é discriminado nas ruas, pelo fato de ser negra. Nós temos que nos aceitar do jeito que nós somos independente se for gorda, magra, media, negra, branca, ruiva, loira de qualquer jeito porque somos todos seres humanos.

Emilly Santos - 14 Anos
Terça Manhã


Eu aprendi em relação a padrão de beleza, eu aprendi que e muito raro achar alguém de cor de pele escura na TV e sempre tem que ser para fazer o papel de empregada as pessoas acha que para fazer novela tem que ser branca, ou algo do tipo, e sobre racismo as pessoas de hoje em dia que e negra tem mais dificuldade de arranja um trabalho e é desprezado por ser da cor negra, e já as pessoas de pele clara tem mais oportunidades para conseguir as coisas, e já o preconceito as pessoas esculhambam por ser gorda, magra, ter cabelo liso, e ter cabelo crespo, isso já e um preconceito.

Mª de Fátima Santos - 13 Anos
Terça Tarde


Para mim todas as pessoas são iguais e ao mesmo tempo diferentes por cada pessoa tem o seu jeito único de ser, e tem pessoas mais vou da um exemplo, uma mulher brinca acha-se que e mais bonita que outra mulher, negra só por que a cor dela e mais clara que a cor negra, ai já surge o racismo, logo depois o desrespeito da cor da pele, logo depois vem o preconceito da religião africana e também se uma negra não estiver com a roupa de uma pessoa com pele clara não está no padrão de beleza, pois eles acham que para está no padrão de beleza ela é feia ou não está acompanhando a moda do dia a dia, só isso tem a desigualdade.

Vinicius Mota - 12 Anos
Terça Tarde

Para mim cada um tem o direito de escolher seu estilo  oque quer ser, se gosta de homem ou mulher não importa, ninguém tem a obrigação de ser igual a ninguém se alguém achar ruim não ligue só de saber que estou de bem comigo mesmo, que gosto da minha cor, do meu cabelo, em fim de tudo é o que importa imagina só se fossemos todos iguais, se tivéssemos os mesmos gostos, o mesmo estilo, se pensasemos todos iguais, seria tão estranho. Cada um tem o direito de escolher, ser o que quiser mesmo com tanto preconceito mostrar que é maior do que o preconceito do povo, cada um tem seu padrão de beleza diferenciado, caelo liso ou cacheado, branco ou moreno, apesar das diferenças de Deus somos todos iguais.

Fabiele Lima- 12 Anos
Terça Tarde 


No Brasil temos varias pessoas racistas e preconceituosas elas falam sobre nosso jeito de se vestir ou sobre nosso corpo. Elas acham que a pessoa tem que se vestir com roupas adequadas, ter cabelo liso e ser branca para se encaixar na alta sociedade. E as mulheres principalmente. Pessoas negras, com cabelo  cacheado ou encaracolados são desprezadas na sociedade por conta da sua cor, uma pessoa negra mesmo, quando entra na faculdade, sofre bastante, mesmo ela sendo muito mais inteligente que qualquer outro branco ela não tem grandes oportunidades de emprego, principalmente em grandes cargos como: advogado, empresário, engenheiro, etc...Muitos policias do Brasil matam pessoas inocentes, só porque ela é negra, porque eles já tem em mente, que os negros são ladrões, são da favela já estão acostumados a roubar. Mas enquanto ele acusa uma pessoa negra de um crime, um branco tá andando de boa sem levantar suspeitas. Eu acho isso errado, as pessoas acham que para ser uma pessoa de bem tem que ser branco, de cabelo liso, só que não, os brancos e os negros podem ter os mesmos direitos, todos tem a mesma cor de sangue, todos são filhos de deus, e porque os negros não podem ser aceitos na sociedade brasileira. Para mim, uma pessoa boa tem que ser gentil, com caráter, tem que ser feliz!

Thaiale Almeida – 12 Anos
Quarta Manhã

Racismo, é as pessoas que criam isso porque não há diferença entre, brancos e negros  e a maioria da população , é negra, mas de três pessoas que se forma 1 é negra, a maioria dos pobres são negros e isso é muito ruim porque como disse todos são iguais. O padrão de beleza também é uma coisa ruim porque as pessoas acham a maioria das pessoas brancas de cabelo liso e magras mais bonitas do que os negros de cabelo duro e gordos feios e isso não é verdade todas as pessoas são bonitas do jeito que são. O preconceito é como o padrão de beleza as pessoas sofrem preconceito por conta de ser  gordas, magras demais porque são baixas, altas demais, porque tem dentes tortos, amarelados, a cabeça grande, pequena e o pior por causa da cor de pele, não tem como essas atitudes são péssimas, se você acha a pessoa feia guarde para você, porque aposto que você não gostaria que alguém falasse alguma coisa sobre você.


Jonathas Santos – 13 Anos
Quarta Manhã

Bom, hoje em dia no Brasil nos estamos cheios de padrões de beleza, padrões que muitas vezes não fazem sentido pois o Brasil é um país que tem o povo mestiço. Então esses padrões não se encaixam na nossa realidade. Eu acho esses padrões ridículos porque uma pessoa para ser bonita não precisa ser branca do cabelo liso, pois todos nós temos a nossa essência nossas raízes, a nossa própria beleza. Os negros sofrem muito preconceito por causa da cor da pele e por causa disso acabam não tendo muitas oportunidades na vida. E assim acabam sendo excluídos da sociedade porque não estão dentro dos padrões de beleza que ela impõe. Eu acho o racismo um absurdo pois nós não podemos julgar ninguém pela sua aparência e principalmente pela sua cor, pelo seu cabelo, sua altura, seu corpo. Porque ninguém escolhe de que jeito vai nascer.

Micaele Costa – 13 Anos
Quarta Manhã
Bom, nós estamos e vivemos em uma sociedade ou em um mundo, em que as pessoas se espelhem no padrão de beleza em que a mídia (televisão, redes sociais, revistas) nos apresentam todos os dias. O padrão de beleza emitido pela mídia e por nós mesmos define uma pessoa de cabelos lisos, magra, alta, de olhos e pele clara, como uma pessoa bonita e isso vai autenticando o racismo com as pessoas negras ou de pele mais escura, de cabelos cacheados ou crespos fiquem como pessoas de belezas inferiores as pessoas de pele clara, cabelos lisos, alta, olhos claros. E com o racismo e o padrão de beleza girando ao nosso redor, nós acabamos praticando também o preconceito com as pessoas mais gordinhas, mais baixinhas e até com nós mesmos, pois quando afirmamos que algo ou alguém é belo, bonito e nós não temos alguma semelhança estamos nos desfavorecendo como pessoas bonitas e isso acaba levando pessoas a ficarem com problemas mentais ou psicológicos, fazendo com que essas pessoas procurem ou façam de tudo para alcançar um padrão de beleza (como fazer plástica, alisando ou colorindo o cabelo, e etc). E isso faz com que nós mesmos alimente e aumente o padrão de beleza, o preconceito e principalmente o  racismo.
Janaina Patrocínio – 14 Anos
Quarta Tarde

Estamos vivendo em um mundo que está nos oferecendo muitas coisas, em termo de beleza, moda, padrão corporal. Então ele abre espaço para muitas pessoas buscarem um pouco de cada coisa para que as pessoas queiram estar de um jeito que ela seja vista na sociedade, então elas acabam sendo atraídas por essas coisas, muitas pessoas acham que elas só vão ser vistas em algum lugar se elas forem iguais a alguém ou a alguma coisa. Ex. Se uma pessoa ela é normal, tem o estilo, seu jeito e etc., mas de repente ela começa a ser desprezada por outra pessoa, pelo fato dela ter o seu estilo próprio, algumas pessoas acham que se ela se veste de um jeito, tem o corpo de um jeito, tem o cabelo de um jeito, todo mundo tem que ser igual a essa pessoa, tem que pensar igual a ela, então as pessoas que passam por isso se sentem excluídas e acabam se tornando quem elas não são, só para serem aceitas na sociedade. É por isso que muitas pessoas ficam isoladas sozinhas porque elas sofrem ou sofreram algum tipo de racismo, preconceito, bullying e outros mais, então essas pessoas racistas tem que entender de uma vez por todas que ser negro, gordo, magro, alto não modifica o caráter de ninguém, tem que acha que o negro ele não é como uma pessoa branca de estudo que fez varias faculdade e que tem capacidade de exercer uma profissão, mas o negro ele pode ser sim uma pessoa capaz de exercer uma profissão, O NEGRO PODE SER O QUE ELE QUISER PORQUE ELE PE LIVRE PARA FAZER AS ASUS ESCOLHAS E SER INDEPENDENTE.
Adriane Santos – 14 Anos
Quarta Tarde
Eu não tenho preconceito, não gosto quando as pessoas ficam perturbando as outras e não gostam quando colocam apelidos ou ficam xingando. Não gosto quando ficam me criticando ou falando de mim e tendo preconceito. Não gostam quando ficam me chamando de otário.  

Hugo Ferreira - 16 anos
Quarta Tarde


Bom, na aula passada falamos sobre racismo, tem muitas pessoas que não gostam do outro porque ele
ou ela tem a pele negra, mais assim as pessoas não pode ter racismo com as outras, porque SOMOS TODOS IGUAIS só muda a cor da pele, mais isso não vem ao caso, temos que amar um ao outro, pode ser a cor que for, branco, negro, morena, parda, qualquer cor, temos que aceitar. O padrão de beleza é quando uma pessoa não se valoriza que se acha feia, que se olha no espelho e fala que é feia e muitas pessoas olham para você e diz que você é bonita ou bonito, nisso ou naquilo, não você não pode deixar que o povo te ache bonita, você que  tem que se achar bonita e não as outras pessoas. Te pessoas que fica colocando defeito em tudo que é seu, tipo seu cabelo, roupas e até o modo de andar. Preconceito é quando uma pessoa fica falando de você como se veste, fala que você parece uma doida que não sabe se arrumar e da sua gordura né, eles falam que você parece uma baleia, uma porca quando você passa na rua fica te chamando de baleia, fala que você tem que emagrecer. Fala para fazer uma dieta, até da sua pele eles falam se você tem pele negra fala que você parece um carvão e essa pessoa da pele negra tem o cabelo crespo, eles falam que nem para lavar panela, chama de baleia duro de Bombril. Eu gostei muito de ter falado sobre isso tudo, foi uma das melhores aulas falar sobre racismo, preconceito e padrão de beleza.
Halana Santana – 15 anos
Quarta Tarde

Nos padrões de beleza as pessoas hoje em dia colocam muito preconceito por causa de qualquer
defeito que a pessoa tenha. Beleza para algumas pessoas é ter os cabelos lisos, nariz mais afinado, ser mais magro, ter mais condições, tom de pele e até cor dos olhos. Para mim acho que as pessoas estão muito preconceituosas, somos todos seres humanos, devemos sempre esta respeitando o outro. As pessoas estão usando o preconceito como se fosse uma brincadeira legal, elas tem que entender que você não sabe o que se passa na cabeça do outro, ultimamente as pessoas tem que tomar mais cuidado com o preconceito . As pessoas estão muito preconceituosas  em relação a raça, tem pessoas que olha para um negro e já diz que é feio, que não tem condições de ter algo etc. Nunca devemos julgar pela aparência, porque não sabemos nada sobre o conteúdo.
Suellen Mª Pereira - 12 anos
 Quinta manhã

Na aula de hoje falamos sobre o padrão de beleza, que para mim não existe, sendo feio ou bonito para
mim a beleza está no interior e não no exterior; vimos também o preconceito na televisão em jornais, desenhos animados, programas, novelas, series e filmes, também vimos no youtube que as pessoas que são famosas nas redes sociais 2% são  negros ou morenos de cabelos cacheados ou crespo e 98% são pessoas da pele clara com cabelo liso e olhos claros. Depois o professor mostrou um espelho para nós falarmos da gente e o que achamos mais bonito em nós mesmos. Depois nós falamos sobre o racismo e vimos imagens de pessoas que já ouviu palavras de racismo; Fizemos cartazes com palavras de racismo que já ouvimos, fizemos isso e depois tiramos fotos.
Débora de Jesus -14 anos    
 Quinta Manhã

Uma das coisas que mais são discutidos na sociedade nos dias de hoje é o Padrão de beleza. Para ser
realmente bonita tem que ser alta mas nem tanto, magra mas não muito, cabelo liso, olhos claros, branca, e com a fisionomia do rosto fina. Esse é o padrão de beleza da sociedade, minha opinião é que isso é uma coisa desnecessária, devemos aceitar a pessoa como ela é, independente se ela ocupe ou não esse tal padrão de beleza que todos querem que ocupem. Outra coisa que também é muito comum na sociedade é o preconceito e o racismo. Te julgam pela sua cor, pela sua aparência. Outra coisa que á educação que me deram não tolera. Isso é horrível, nojento, eu não Pratico isso, e nunca praticaram comigo, mas se praticarem eu não me calo, eu não aceito.
Elaine Do Rosário – 14
 Quinta Tarde

 O preconceito é uma brincadeira de um lado e do outro não é uma brincadeira e alguns gestos feios a maioria das pessoas que tem preconceito é branco de cabelos liso, com condições financeiras, do nariz fino e as maiorias das pessoas que sofrem o preconceito são negros dos cabelos cacheados, ou até em uma vaga de trabalho o negro fica para trás e os brancos acabam tendo mais direitos, em uma abordagem policial o negro sempre tem que ser todo revistado e o branco nem pensa em ser revistado. O padrão de beleza que a internet mostra é tudo diferente da realidade os famosos são tudo cheios de rugas só que a maquiagem não mostra e é aparecer um negro na televisão e quando um negro aparece ele é pobre, ou é um.
Gabriel Fernandes  - 13 anos
Quinta tarde 





Eu acho que para ser bonito ou bonita na não precisa ser branco,  nem só ter cabelo liso e nem ser magro, eu acho a cor morena linda, cabelo cacheado são perfeitos e tem muita gente racista, tem gente que fala de tudo, nunca se agradam com ninguém, se for magra somos feios, se for gorda também somos feios, se for baixo é feio, se for grande também, se for morena é feio e muito mais. Tem pessoas que até usa produto no cabelo, porque as vezes o cabelo é até cacheado, lindo, mais sempre tem aquela pessoa para criticar e dizer que o cabelo é feio, aí a pessoa se sente constrangida e vai alisar o cabelo. Gente, pelo amor de deus, somos todos humanos, em que mundo nós estamos? Vamos morrer e ser todos enterrados em um buraco, eu sou magra e escuto várias coisas ruins sobre mim, exemplo: você é linda, mas ficaria mais linda se engordar um pouco, nem dá pra ver as suas pernas e a bunda de tão magra, eu não ligo se eu tenho muita ou pouca bunda, se eu sou magra, se não tenho muita perna. Eu sou magra e mesmo assim tenho orgulho do que sou muito feliz. Do que adianta ter um corpão e não ser feliz, falam demais de meu cabelo e de minha cor, eu amo meu cabelo ele é cacheado, eu acho ele lindo, em relação a minha cor, tem muitas pessoas que dizem que não sou morena, sou parda. EU SOU MORENA SIM E AMO A MINHA COR, você tem que parar com essas coisas, não se esqueçam que ainda vão ter filhos, sobrinhos e netos, eu sou morena e tenho o cabelo cacheado e me amo, qual o problema disso?
Beatriz Da silva – 12 Anos
Quinta Tarde 

Falamos sobre padrão de beleza que para ser bonita precisa ser alta, magra,  cabelo liso, olhos claros e pele branca. Sobre  racismo por causa da cor da pessoa e outras pessoas lhe discrimina por causa da sua cor ou por causa do estilo do cabelo, por ser duro ou crespo. Sobre o preconceito uma pessoa branca sempre será bem mais tratada e até mesmo para arrumar emprego e os morenos, negros e pardos ou até mesmo uma pessoa negra e que tenha cabelos lisos ou cacheados, no dizer delas só as brancas mais claras podem ter cabelo liso ou por ser magra, ou baixa são discriminados. Mas para mim não precisa desse preconceito ou racismo, pois somos todos iguais e não vejo diferença nisso, sou morena e tenho cabelos cacheados, tenho orgulho da minha cor e do meu cabelo e de tudo o que tenho. Não tenho preconceito com nada então para mim isso é muito feio, uma pessoa ser negra, magra ou baixa, alta demais ou sobre outra característica. Muitas pessoas sofrem preconceito por serem morena, alta, baixa, gorda, negra, parda e são mal tratadas, já as pessoas claras nunca sofreram e nunca sofrerão por serem brancas, altas, cabelos lisos e olhos claros.
Tainá Sousa – 12 anos
Quinta Tarde

Padrão de beleza é basicamente um padrão físico e social criado e determinado pela própria sociedade. Antigamente essa regra que a própria sociedade determinou não era muito visto, claro que não agrada a todos, mas a maioria das pessoas apoiam esse padrão ou "só aceitam". Um exemplo desse padrão é serem vistos como bonitos: pessoas claras, cabelos lisos, magras, com mais de 1,60 de altura. Pessoas que não respeitam e não aceitam pessoas fora desse padrão, são pessoas racistas e preconceituosas. O racismo é uma forma de discriminação, não respeitam as pessoas de pele negra e cabelos crespos. Já o preconceito há todos os tipos de discriminação, piadas, bulliyng contra determinadas pessoas. Exemplo de preconceito contra pessoas com excesso de peso, pessoas muito magras, altas demais ou baixas demais, por ter cabelos crespos, etc. Eu particularmente não gosto muito dos "padrões" para mim, todos são iguais, não importa cor, altura, peso, o que importa é o caráter, que é o que falta em muitas pessoas por ai. Não adianta ser bonito fisicamente, quando não se sabe usar o caráter e valorizar os direitos e diferenças do próximo. Temos que ser valorizados do jeito que somos, pelas nossas diferenças, porque é a diferença que dá a cor ao mundo, ele não teria graça se fossemos todos iguais, e mesmo se fossemos todos iguais, TODOS MERECEM RESPEITO SEMPRE!
Eva Maria Mota - 14 anos
Quinta Tarde

sexta-feira, 16 de junho de 2017

CTEC - Mostra de Trabalhos com Alunos - 2017.1

No dia 10 de Junho de 2017, aconteceu a nossa primeira Mostra de Trabalhos do ano, onde os alunos se colocaram como monitores e apresentaram para seus pais e familiares o que aprenderam durante todo o semestre. Abaixo encontram-se algumas fotos registrando o a participação destes, na Oficina de Ciência e Tecnologia.

Alunos Segunda Tarde: Moradia Adequada

Segunda Tarde: Tangram

Segunda Tarde: Planta Baixa

Segunda Tarde: Tecnologias Sociais - Cisterna

Segunda Tarde: Balança Romana
Segunda Tarde: Moradia Adequada
Segunda Tarde: Tecnologias Sociais - Cisternas
Segunda Tarde: Equilíbrio 

Segunda Tarde: Relógio